Simone & Simaria em Guaratuba

Simone e Simaria3 

 

Quem ouviu o sucesso chiclete "Meu Violão e Nosso Cachorro", que se tornou um fenômeno na música brasileira, talvez não imaginasse que Simone& Simaria conseguiriam superar tamanho sucesso. As coleguinhas, como são mais conhecidas, desembarcam neste sábado, dia 13 de janeiro, em Guaratuba para uma apresentação apoteótica no Café Curaçao (Av: Brejatuba, 500), a partir das 23horas.

Exatamente um ano após o lançamento do CD e DVD "Simone e Simaria Live" – o primeiro das artistas pela gigante Universal Music e indicado ao Grammy Latino -, as coleguinhas mais queridas do Brasil se estabeleceram em todos os expoentes que você pode imaginar: se tornaram personalidades destaques do entretenimento nacional, ícones de estilo, cantoras premiadas e fenômenos de vendas como pouco visto. Nos últimos 12 meses, as cantoras emplacaram mais de quatro músicas nas rádios brasileiras, e finalizaram 2017 com o maior sucesso radiofônico do Brasil - "Loka", a faixa foi lançada no início do ano passado.

Loka, a maior música do ano: Emendando um sucesso atrás do outro, foi a vez da dupla lançar a faixa "Loka" – uma canção escolhida de última hora pela visionária Simaria -, que traz para o sertanejo uma pitada de arrocha e o cobiçado reggaeton, criando uma fórmula única. O resultado não podia ser outro: até o lançamento da faixa, as artistas tiveram o clipe com mais visualizações em 24h na história do Brasil – com mais de 4 milhões de acessos; Hoje, o smash hit possui mais de 500 milhões de visualizações e diariamente abocanha mais acessos do que vídeos recentes de nomes mundiais como Miley Cyrus, Justin Bieber e Coldplay. O sucesso rendeu o Prêmio Multishow de Hit Chiclete e vendeu mais de 1 milhão de unidades digitais.

 Fenômeno Visual e "Regime Fechado": Com o sucesso da música anterior e o fenômeno de visualizações do clipe, Simone & Simaria perceberam que o investimento em trabalhos visuais são essenciais para os dias de hoje, por isso, criaram uma espécie de "curta-metragem" para o novo single "Regime Fechado", com inspirações no velho oeste e um casting de celebridades de peso. O clipe, que lembra clássicos do cineasta Quentin Tarantino, já se aproxima das 100 milhões de cópias de visualizações. A visão não vem de hoje: as artistas são umas das primeiras a disponibilizarem seus trabalhos visuais na internet e colher frutos disso. Em 2015, a dupla viralizou em todo o país com o badalado "Bar das Coleguinhas", que foi assistido por mais de 60 milhões de pessoas online e levou para o Brasil inteiro o trabalho das cantoras.

Força de marca e "The Voice Kids": Uma dupla que hoje quebrou as barreiras da música, Simone & Simaria se tornaram personalidades amadas pelo público, mídia e mercado publicitário, transformando em uma das artistas mais admiradas do país por uma gama de públicos. O fortalecimento da marca da dupla – junto ao inegável talento -, trouxe para as artistas mais uma grande oportunidade. As coleguinhas são técnicas de uma das franquias de TV Shows mais famosos do globo: O The Voice Kids.

 Identidade artística e agregação à cultura: Em tempos onde se fala sobre o famoso feminejo, Simone & Simaria vai além de gêneros. A dupla baiana não apareceu no cenário musical ontem. Através de uma carreira de muita batalha, as irmãs trouxeram para a música sertaneja o tempero de suas influências musicais – que passam pelo arrocha e o forró -, e criaram uma vertente dentro do gênero que hoje é feita por 9 entre 10 cantores sertanejos. Esta individualidade, ajudou e ainda ajuda a quebrar barreiras do preconceito contra o gênero mais popular do país, e leva para os quatro cantos de nossa nação a cultura e personalidade única do Nordeste. O resultado? A dupla está concorrendo ao Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum Sertanejo", pelo fenômeno "LIVE!".

Audiência e Reconhecimento: Hoje, Simone & Simaria são um dos artistas mais brasileiros mais buscados na internet. São mais de 1,5 bilhão de visualização no YouTube – somando seus dois canais oficiais -, e apenas no mês de outubro, seus vídeos foram acessados 80 milhões de vezes segundo pesquisa do Youtube. Este fenômeno também trouxe vários prêmios: a dupla levou para casa dois dos principais Prêmios Multishow: o de hit chiclete por "Loka" e melhor grupo. As coleguinhas também foram conhecidas como "Melhor Dupla" pelo Prêmio Jovem.

Mais sobre Simone e Simaria:
A Energia e irreverência impressionantes em cima do palco; respeito ao público, letras caprichadas e o amor pela música.

Essa tem sido a fórmula do sucesso para as irmãs Simone e Simaria, já consideradas um verdadeiro fenômeno da música brasileira. Com a formação inédita de uma dupla de mulheres no forró e uma pegada sertaneja que faz uma deliciosa mistura com as principais tendências da música, as cantoras vêm construindo uma sólida carreira, resultado do trabalho árduo e intensa agenda de shows por todo o Brasil.

O primeiro destaque nacional veio como back vocals do cantor Frank Aguiar, quando Simaria entrou para a banda com apenas 14 anos. Mais tarde, Simone juntou-se à irmã e, durante sete anos, Simone e Simaria foram conquistando o público de todo o Brasil junto com o artista. Esse foi só o primeiro contato da dupla com o público, que, de lá para cá, não parou de crescer, acompanhando-as por todas as bandas em que passaram.

Desde o início de 2012, as irmãs apostam em carreira independente, sob a tutela da Social Music. A decisão tornou a agenda da dupla bastante intensa, com shows por todo o Brasil.

Já conhecidas em todo território nacional como "Simone e Simaria – As Coleguinhas", a dupla percorreu o Brasil de Norte a Sul. Com muita criatividade e inovação, elas gravaram o DVD "Bar das Coleguinhas", numa noite alegre, intimista e elegante, exclusivamente para convidados no Mucuripe Club, em Fortaleza.

O DVD contou com 17 faixas, sendo 13 músicas inéditas, 3 novas versões de sucessos da dupla e mais a canção "Eu te Avisei" de Tânia Mara, executada e estilizada ao "forronejo", com participação da cantora. Entre os sucessos do projeto está "Perdeu", escrita pela fã Iva Marçal, sucesso instantâneo e que hoje já passa das 4 milhões de visualizações no YouTUbe. "Meu Violão e o Nosso Cachorro" foi a segunda canção apresentada do projeto, uma composição de Nivardo Paes e Simaria, hoje o maior sucesso nacional da dupla.

"Simone e Simaria – As coleguinhas" receberam e dividiram o palco com expoentes da música como Gabriel Diniz, que canta com elas "Só dá nós Dois", Wesley Safadão, que imprime sua potência vocal na faixa "Agora me Curei", além de Dilauri com a música "Todo Poderoso".

 

SERVIÇO:
SIMONE & SIMARIA
Local: Café Curaçao Guaratuba (Av. Brejatuba, 500)
Quando:13 de janeiro de 2018 (Sábado)
Horários:Abertura dos portões: 21h30 / Início do  show: a partir das 23h

Valores:
variam de R$60,00 (meia-entrada) a R$287,50 (inteira), de acordo com o setor. 
- Pista - R$110,00 (inteira) e R$60,00 (meia-entrada);
- Área Vip - R$287,50 (inteira) e R$143,75 (meia-entrada).
A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer.  Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos e clientes cadastrados no site da Prime possuem 50% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular.
**Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. 
***Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
****Já está incluso no bilhete a taxa de administração Disk Ingressos.
PONTOS DE VENDA:Disk Ingressos (Loja Palladium - de segunda a sexta, das 11h às 23h, aos sábados, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h, -  e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação - de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos domingos, das 9h às 18h), e pelo portal www.diskingressos.com.br.Também podem ser adquiridos em Guaratuba - Bilheteria do Café Curaçao (R:Brejatuba, 500), Polo Royal (R: João Eugênio, 711, lj 41 - Estação Mall), Guara Surf (Av. 29 de Abril, 380) / Arapongas: Ótica Diniz (Av. Arapongas, 580) /Cambé: Ótica Diniz (Av. Inglaterra, 753-A) /Cascavel: Planet Play (Av. Toledo, 432) /Ótica Diniz (Av. Brasil, 6605) / Foz do Iguaçu: Casas Ajita (Av. Brasil, 404), Casas Ajita (Flamboyant, Av Cataratas, 3570) / Francisco Beltrão: Subway (Av. Antonio de Paiva Cantelmo, 434) / Ibiporã: Ótica Diniz (Av. Santoa Dumont, 83) / Irati: Forte Farma (R:Trajano Garcia, 81), Bohéme Bar & Burguer (R: Alfredo Bufrem, 737) / Londrina: Cafeteria Latam (Av. Ayrton Senna da Silva, 500), Pátio San Miguel (Av. Higienópolis, 762), Ótica Diniz (R: Prof. João Candido, 100), Ótica Diniz (Londrina Norte Shopping - Av. Américo Deolindo Garla, 224 Loja 81), Ótica Diniz (R: Senador Souza Naves, 158-C), Ótica Diniz (Av. São Paulo, 187), Ótica Diniz (Av. Bandeirtantes, 666-B), Ótica Diniz (R: Sergipe, 428) Ótica Diniz (Av. Saul Elkind, 1760), Sueko Jóias (Shopping Catuaí, Rod. Celso Garcia Cid, s/n – 330) / Maringá: Casas Ajita (Av. Brasil, 3621), Casas Ajita (Shopping Cidade, Av.Tuiuti, 710, lj 25), Posto Canadá (Av. Mandacaru, 1180) / Posto Dubai (Av. Dr Alexandre Rasgulaeff, 4501)/ Pato Branco: Ótica Diniz (R: Guarani, 465, Centro) / Ponta Grossa: Loja Verbo Livraria(Av. Vicente Machado, 779), Veneto (R: Ermelino de Leão, 703) / Toledo: Ótica Diniz (R:Sete de Setembro, 1092 – Centro) / Florianópolis: Garden Perfumes (Estrada Dom João Becker, 145 sala 101) /Garuva: Red Point (Av. Celso Ramos, 1) / Itajaí: Farmais Centro (R:Tijucas, 11)
Forma de pagamento:Dinheiro e  cartões Visa/Mastercard (débito e crédito) Censura:  16 anos (de12 a 16 anos somente com os pais ou acompanhado por um responsável maior de 18 anos.
Informações p/ o público:41 33150808 / 41 34426851/ www.maisumadaprime.com.br/www.curacaoguaratuba.com.br

Última atualização em Qui, 11 de Janeiro de 2018 16:37
 

Glamour de janeiro tem Bianca Bin, protagonista da novela das nove, como estrela de capa

biancaFoto de divulgação

 

Quanta mulher junta, que potência!” Uma das primeiras frases ditas por Bianca Bin ao pisar no estúdio onde a clicaríamos, dava a pista de como seria o resto do dia: superastral, meio místico, cheio de conexões e good vibes. Parece viagem – e é mesmo. Com Bianca as coisas são assim, surpreendentes. Decidida e doce (acredita que ela se acha pouco feminina?), a atriz não se encaixa no padrão de estrela festeira, fã de labels e likes. Não, não. Aos 27 anos, prefere chamar a atenção compartilhando mantras e frases positivas no Instagram e, principalmente, atuando de maneira visceral no horário nobre. O sofrimento e a volta por cima de sua personagem Clara, a protagonista da novela O Outro Lado do Paraíso, viraram assunto nacional. E, claro, mexeram com a rotina (onze horas diárias de trabalho está bom para você?) e a cabeça de Bianca. “Trata-se de uma história densa, fora da minha zona de conforto. As cenas exigem muito emocionalmente. O corpo não entende que é de mentira e solta muita adrenalina”, diz, sobre os abusos sofridos por Clara na trama. “É difícil não misturar, fico confusa, à flor da pele. Preciso meditar para me desligar quando chego em casa.” Adepta da medicina da floresta, em sua própria definição, Bianca ainda encontra equilíbrio usando, ocasionalmente, rapé (pó resultante de folhas de tabaco torradas e moídas) e valendo-se da litoterapia (terapia baseada na energia das pedras e dos cristais).

 

 “Sou meio bruxa”, afirma rindo. “E tenho espírito de guerrilheira também. Desde muito nova aprendi a me colocar como mulher, pois tive uma criação machista.” Natural de Itu, no interior paulista, Bianca cresceu ajudando a mãe, Silvia, na sorveteria da família. É a caçula de um casal de filhos – seu irmão, Marcus, é dois anos mais velho. “Ele podia chegar tarde, não dar tanta satisfação. Aprendi cedo a lutar por igualdade.” Foi assim quando, aos 16, decidiu deixar a casa dos pais para estudar teatro em São Paulo. E também ao fazer as malas novamente para tentar a carreira de atriz no Rio, um ano depois. Deu certo. Tanto que hoje está aí, pleníssima, no primeiro escalão global, de suposto romance engatado na vida real com seu par na ficção, Sérgio Guizé, e estreando em grande estilo na capa da Glamour. Entre uma cervejinha e outra no estúdio (pedido dela!), Bianca deu show de carisma e falou sobre suas primeiras vezes. A elas?

 

A PRIMEIRA VEZ QUE...

 

 ... pisei no Projac: enquanto fazia Oficina de Atores da Globo, há dez anos! Minha turma foi visitar os estúdios e eu era menor de idade, então não podia tirar o crachá. Na hora de ir embora, estava com pressa para não perder a carona e passei por baixo da roleta, sem devolver nada. O segurança veio atrás de mim e fez várias perguntas até me deixar sair. Levei a maior bronca! Ou seja, comecei fichada antes mesmo de trabalhar na Globo. [risos]

 

 ... me vi na TV: acho que foi no meu primeiro teste para entrar na Oficina mesmo. Não era TV aberta, mas ficou marcado me ver no vídeo daquele jeito. Fui muito elogiada, mas achei tudo ruim. Até hoje é uma grande dificuldade me assistir. Sofro demais. Sou virginiana com ascendente em escorpião e lua em aquário. Ou seja, autocrítica e caxias com o trabalho. Se pudesse, preferia nem me ver! Mas faz parte do processo. Preciso assistir para analisar a imagem que estou imprimindo até para ir dosando a interpretação. Toda vez sinto uma insegurança que, pelo visto, será eterna.

 

 ... tive uma crise de pânico: no fim de Cordel Encantado [novela que ela protagonizou em 2011]. Tirei nove meses de férias – saí de um ritmo frenético de gravações e entrei numa entressafra pacata. Com a cabeça vazia, pirei. Comecei a ter muitas crises de ansiedade. Sentia que ia vomitar em quem estivesse na frente, principalmente em teatros, pré-estreias de filmes e eventos cheios de fotógrafos e jornalistas. Sentava sempre na ponta porque tinha medo de ficar presa. Fui procurar ajuda e descobri que era o início de uma síndrome do pânico. Saí da psiquiatra com uma receita de Rivotril. Tomei, mas parei porque a ressaca do remédio me deixava pior. Sentia bugs no cérebro, ficava confusa. O que me salvou foi a microfisioterapia, uma técnica francesa de reprogramação celular por meio do toque. Embora viva equilibrada, sei que não tem cura. Estou sempre alerta e, quando vejo que o padrão do pânico está se repetindo, busco parar, respirar e me reconectar comigo mesma, com a minha essência.

 

 ... entendi o que é ser mulher: desde sempre. Nasci feminista porque fui criada de forma machista. Meu irmão sempre saiu sem dar satisfação, sem ter hora para voltar. A luta começou dentro de casa, porque sempre me posicionei. Tenho um espírito revolucionário, combativo, de guerrilha. Quero igualdade e justiça. Trabalho em um universo masculino e preciso me colocar. Ali dentro a gente também ganha menos que os homens. Não tem como não tocar nesse assunto. Isso é estatística, acontece em todas as profissões. E pagamos os mesmos impostos... Não faz sentido! A gente está vivendo uma primavera feminista linda. Precisamos redefinir o que é normal e assumir nosso lugar de fala. Temos que nos posicionar, exigir respeito e igualdade.

 

 ... respondi a um hater: nunca! Internet é terra de ninguém, então, não reconheço aquele comentário como legítimo. Não respondo porque não respeito e não quero reproduzir e alimentar sentimentos ruins. As pessoas estão destilando e vibrando o ódio gratuitamente. Quero transmutar o negativo em positivo. A gente tem que transformar alguma coisa neste mundo. Não estamos na vida à toa. Evoluir é ganhar consciência disso.

 ... me apaixonei: aos 14 anos, e tinha certeza de que seria para sempre... Ele tinha 17 e vivia me traindo. É que eu não tinha iniciado minha vida sexual ainda e ele lá, com a testosterona bombando. Hoje entendo tudo! Mas na época sofri horrores. Terminamos uma vez e minha mãe hoje conta que quase chamou os Bombeiros de tanto que eu soluçava. Acabamos mesmo só seis anos depois. Sou assim intensa, o tipo de pessoa que junta e fica. Tive apenas três namorados na vida, já casei... Eu me entrego.

 

... morri de vergonha: acredita que foi quando menstruei? Eu tinha 12 anos e o que era para ser um processo bonito e feminino foi traumático. Fiquei horas trancada no banheiro. Hoje passou, ainda bem! Sempre agradeço por esse sagrado feminino e planto a minha lua. Plantar a lua é devolver o sangue para a terra. Uso o coletor menstrual e coloco o sangue nas plantas, diluído em água. É uma forma de fechar o ciclo. Isso mudou minha relação com meu corpo e com me entender mulher. O universo é uma grande potência feminina e é com essa força que busco me conectar sempre.

Última atualização em Seg, 08 de Janeiro de 2018 09:21
 

Sophie Charlotte marca presença em Curitiba para apresentar novidades coleção de óculos

São Paulo, dezembro de 2017 – Depois de brilhar no papel de Alice em "Os Dias Eram Assim", a atriz Sophie Charlotte estará na Ótica Lens do Park Shopping de Curitiba no dia 15 de dezembro, sexta-feira, a partir das 19h, para marcar o lançamento da coleção de verão de óculos de sol e grau da loja. O evento irá receber, além da atriz, convidados, jornalistas e influenciadores da região, e é aberto ao público.

Local: Ótica Lens – Park Shopping Curitiba
Data: 15 de dezembro, a partir das 18h
Localização: R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600 - Mossunguê, Curitiba - PR, 81200-100
Telefone: (41) 4003-4138

 

"...and the TRUTH will set you free"

A art adviser Bianca Cutait inaugurou galeria em Miami, a Arte Fundamental., com exposição do artista maranhense, Rubem Robierb, hoje considerado um dos nomes mais exponenciais no mercado de arte contemporânea.

A expo, intitulada "...and the TRUTH will set you free" terá a renda de uma de suas obras, a "Prayers and thoughts" revertida para a Ricky Martin Foudation.

Passaram por lá nomes como: Gabriel Wickbold, Marcia Cutait, Sam Champion (o homem do tempo mais famoso dos EUA e marido do Rubem), Fabio Bernadino, Inna Ivanona, Andrea Funaro, entre outros.

Além de Robierb, a "Arte Fundamental" de Bianca é representante oficial nos EUA de nomes como Gabriel Wickbold, Claudio Edinger, Yutaka Toyota, Gilberto Salvador, entre outros. Além dos agenciados, mantém ainda parceria de intercâmbio de artistas com a Galeria de Babel, da qual já era parceira no Brasil, e com grandes nomes individuais como a fotógrafa Vania Toledo, e o escultor David Hayes, cujas obras estão em coleções como o MoMA e o Guggenheim.

 

Vogue Brasil anuncia atrações de seu Baile de Gala

Uma das noites mais concorridas do calendário de festas nacional, o Baile de Gala da Vogue, abre a temporada carnavalesca no dia 1º de fevereiro, no Hotel Unique. A próxima edição do evento presta homenagem às diferentes culturas brasileiras, valorizando a sua história, com a temática "Divino, Maravilhoso".

 

As atrações musicais confirmadas até o momento são a cantora Iza, a banda Gueri Gueri com convidado especial e também o animado Bloco da Preta com Pabllo Vittar.

 

Wado Gonçalves assina a concepção criativa de decoração do Baile, com produção cenográfica da empresa MChecon e a agência B Ferraz é a responsável pela produção do evento.

 

Aprovação da reforma da Previdência é fundamental para aliviar os gastos, diz relator na Câmara

Nos últimos esforços para tentar aprovar a reforma da Previdência, o presidente da República Michel Temer se reuniu, no Palácio da Alvorada com cerca de 20 deputados. Após o encontro, parlamentares da base do governo estão mais otimistas em relação à aprovação do texto que estabelece novas regras para aposentadoria.O relator da matéria na Câmara, deputado Federal Arthur Maia PPS- BA, afirma que as articulações têm dado resultado. Na avaliação do congressista, a aprovação da reforma é fundamental para aliviar os gastos do setor previdenciário e equilibrar os benefícios concedidos a ricos e pobres. "O modelo previdenciário brasileiro que prejudica a todos. Sobretudo aos mais pobres, em uma transferência de renda despropositada dos pobres para os ricos", disse.O presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), não descarta a possibilidade de a reforma ser votada ainda este ano. No entanto, ele ainda aguarda algumas definições, como um posicionamento mais claro de partidos, como o PSDB. "O PSDB é um partido que sempre pegou as reformas. A gente precisa saber quantos votos o PSDB pode dar para a reforma, como estou perguntando para todos os partidos", afirmou.O presidente licenciado do PSDB, senador Aécio Neves, disse que, se depender dele, a sigla garante votos favoráveis à reforma.

"O PSDB, tem compromisso com o fim dos privilégios do nosso sistema previdenciário. Eu defenderei o fechamento de questão do PSDB em relação a essa matéria", destacouPara conquistar o apoio do Congresso Nacional, o governo propôs um texto mais enxuto da reforma da Previdência. Entre os pontos propostos estão a idade mínima para se aposentar (62 anos mulher) e (65 anos homem). Além disso, a ideia é equiparar os sistemas previdenciários dos servidores públicos ao do INSS. O item que trata das aposentadorias rurais ficou de fora do novo texto. 

 


Página 1 de 532
Copyright © 2011 Acontece Curitiba. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por LinkWell.